Skip to main content
Caso a prefeitura não quite sua dívida com os funcionários até o dia 20, o acordo firmado e a lei sancionada serão descumpridos. FOTO: Barroso em Dia/Reprodução

Servidores Públicos de Barbacena fazem comando de greve

Funcionários da Prefeitura ainda não receberam reajuste salarial nem 13º de 2015

Caso a prefeitura não quite sua dívida com os funcionários até o dia 20, o acordo firmado e a lei sancionada serão descumpridos. FOTO: Barroso em Dia/Reprodução
Caso a prefeitura não quite sua dívida com os funcionários até o dia 20, o acordo firmado e a lei sancionada serão descumpridos. FOTO: Barroso em Dia/Reprodução

 

Funcionários da Prefeitura de Barbacena se reuniram na tarde de ontem para fazerem um comando de greve. O motivo da mobilização é explicado pelo atraso no pagamento da primeira parcela do reajuste salarial dos servidores, que seria feita pelo Executivo. A prefeitura tem até o dia 20 desse mês para pagar, caso contrário, estará descumprindo o acordo feito com os trabalhadores e lei sancionada pelo prefeito Toninho Andrada.

Após o fim do prazo legal para o pagamento do 13º e do reajuste salarial de 2015, o Executivo de Barbacena enviou para a Câmara uma proposta para a quitação de sua dívida com os servidores. O projeto, que sofreu alterações, foi aprovado por unanimidade na Câmara. Ficou definido que os servidores da ativa, pensionistas e aposentados receberiam um reajuste de 11,67% parcelado em três vezes, entre os meses de março e maio. O 13º salário também deverá ser pago em três parcelas entre os meses de junho e agosto.

Estamos com 1/3 do décimo terceiro de 2014 e com a totalidade do décimo terceiro de 2015 em atraso. Além de não receber o reajuste salarial. Os funcionários usam esse dinheiro para acertar contas ou para comprar coisas para suas casa”, protesta o professor municipal João Jabur.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barbacena ainda não tem os próximos movimentos definidos. Tudo depende do pagamento ou não do reajuste no dia 20 de abril. “Caso não seja efetuado o pagamento até o dia 20 marcaremos uma assembleia para o mesmo dia com os servidores. Nela decidiremos se haverá ou não greve”, explica o vice-presidente do Sindicato, Marcos Barroso de Carvalho.

Comando de greve se reuniu às 15h de ontem, na sede do SISPMB, em Barbacena. FOTO/VAN: Rachel dos Santos
Comando de greve se reuniu às 15h de ontem, na sede do SISPMB, em Barbacena. FOTO/VAN: Rachel dos Santos

Em entrevista anterior, cedida a VAN, o secretário da Fazenda de Barbacena, José Francisco Milagres, creditou os atrasos à crise econômica que o país está vivendo. “As nossas despesas aumentaram, porque tudo subiu e os repasses federais e municipais diminuíram”, argumentou ele na ocasião.

Mas, apesar da crise, a Prefeitura de Barbacena abriu concurso para contratação de 559 novos funcionários efetivos de níveis fundamental, médio e superior. Segundo o site oficial da Prefeitura, os salários variam de R$ 788,00 a R$ 8.585,05 e 9817 pessoas se inscreveram.

TEXTO/VAN: Ana Resende Quadros

COLABORAÇÃO: Rachel dos Santos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: