Show de cores, sinos e fé: procissão marca início oficial da Semana Santa

      Já às cinco horas da tarde, os sinos começavam a ecoar pelo centro de São João del-Rei. Em tom quase conjugal, os sineiros da Igreja do Pilar, São Francisco e do Carmo convocavam os fiéis para a procissão que sairia às ruas às dezoito horas do Domingo de Ramos.
      Na Matriz, cujas duas enormes portas laterais estavam cobertas por cortinas vermelhas, estava abrigada a imponente imagem do Senhor do Triunfo. À essa altura, o templo já congregava alguns fiéis, todos empunhando ramos, que na liturgia católica, simbolizam os ramos jogados aos pés de Jesus ao chegar à Jerusalém, uma semana antes do Domingo de Páscoa.
      Antônio da Costa, de 64 anos, fazia parte dos que iram participar da solenidade. Anualmente presente, ele diz ter boas expectativas para as celebrações desse ano: “São João ficou famosa por causa da Semana Santa. Hoje ainda é o primeiro dia de celebração, então não deve vir tanta gente. Mas, principalmente na sexta-feira da Paixão, as ruas ficam completamente lotadas. É realmente um espetáculo.”
      E assim como Antônio, a Secretaria de Trânsito de São João del-Rei também espera uma grande movimentação durante a festa. De acordo com seus agentes, as ruas no entorno da Igreja do Pilar serão todas fechadas para a procissão na sexta-feira, com expectativa de receber cerca de dez mil fiéis. No Domingo de Ramos, porém, apenas o estacionamento nas ruas próximas à procissão foi vetado e à medida que a multidão seguiu, as ruas foram brevemente bloqueadas e então liberadas.
      Ainda segundo estimativa dos agentes de trânsito, cerca de mil pessoas participaram do evento no domingo. O rito partiu da Igreja às seis horas da tarde, com membros do clero e da comunidade paroquial erguendo a enorme imagem do Senhor do Triunfo. Logo atrás da imagem, um grupo de coral entoava cânticos, auxiliados por uma banda, que deu às vozes e ao ritual um ar ainda mais solene.
      Percorreu, então, pontos tradicionais do município: passou pela Ponte da Cadeia, importante cartão postal sanjoanense, rumo à Igreja de São Francisco, onde fora saudada pelos incansáveis sineiros. De lá, seguiu até a Igreja do Carmo, onde a imagem foi também recebida em festa. Finalmente, regressou à Matriz, onde foi então celebrada a Santa Missa.
      A Diocese de São João del-Rei celebrará ainda outros eventos ao longo da Semana Santa, que se encerra com o Domingo de Páscoa. Os eventos ocorrerão em várias Igrejas da cidade, não havendo portanto desculpa para deixar de presenciar o espetáculo de cores, sinos e fé.

      Reportagem: André Salmerón

Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

One thought to “Show de cores, sinos e fé: procissão marca início oficial da Semana Santa”

Deixe uma resposta