Social não se classifica para as oitavas de final da Taça BH

Jogos da segunda fase aconteceram no último domingo (17) em SJDR

A primeira fase da Taça BH de Futebol Júnior acabou nessa sexta-feira (15). O Estádio Joaquim Portugal, em São João del-Rei, recebeu as partidas do grupo H. O Social, única equipe São-joanense na competição, não se classificou para as oitavas de final.
Social x Fluminense

Social (de azul) e Fluminense (de branco) fizeram a primeira partida de sexta em SJDR. FOTO/VAN: Anna Virginia
Social (de azul) e Fluminense (de branco) fizeram a primeira partida de sexta em SJDR. FOTO/VAN: Anna Virginia

O jogo que iniciou a última rodada do grupo foi entre Social e Fluminense. A equipe carioca goleou o time da casa. O primeiro gol foi aos 13 minutos do primeiro tempo, em boa cobrança de falta do jogador Leandro. Depois de 16 minutos, o Fluminense marcou de cabeça. Porém, o gol foi anulado, visto que o atleta tricolor estava em posição de impedimento. Ainda na etapa inicial, o Fluminense fez mais um gol aos 36 minutos, de autoria do jogador Wendew.

Já no segundo tempo, o Fluminense marcou duas vezes: aos 10 minutos, com Renato Luís, e, aos 17, com Christian. Dessa forma, a partida terminou 4×0 para o time carioca, que foi o primeiro do grupo H a garantir a classificação para a próxima fase.

O volante do Social, Vinícius, lamenta não terem conseguido um resultado positivo contra o Fluminense, mas destaca o empenho da equipe. “Isso faz parte do futebol. A gente conseguiu criar bastante oportunidades, mas, infelizmente, não alcançamos a classificação”, pontua o atleta.

Oportunidade criada pelo Social (de azul). FOTO/VAN: Anna Virginia
Oportunidade criada pelo Social (de azul). FOTO/VAN: Anna Virginia

O Social, apesar da eliminação, participou de maneira grandiosa da primeira fase. O atacante José Júnior ressalta que a equipe superou as expectativas: “A nossa  participação foi boa, principalmente, se comparada ao que muitos esperavam da gente”. O treinador do time, André Luiz, conta que está contente com o desempenho do time. “Eu fiquei muito satisfeito porque fizemos excelentes exibições contra Goiás e Palmeiras”, salienta.

Para o técnico, a garra e a competitividade da equipe durante a competição foram contagiantes. De acordo com André, o cansaço dos jogadores, decorrente das partidas em sequência, pode ter influenciado o desempenho dos atletas. “Não é um jogo de videogame, são seres humanos que estão correndo em campo. Então, é compreensível a derrota diante do Fluminense”, relata.

Além disso, o treinador revela que alguns jogadores do Social despertaram o interesse de grandes clubes nacionais e que isso o deixa muito feliz. “Eu vou definir quais atletas irão para esses clubes para passar um período de experiência”, completa André.

 

Palmeiras x Goiás

Cobrança de falta da equipe do Palmeiras (de branco). FOTO/VAN: Anna Virginia
Cobrança de falta da equipe do Palmeiras (de branco). FOTO/VAN: Anna Virginia

A outra partida dessa sexta-feira foi entre Palmeiras e Goiás. O jogo definiu o segundo classificado para as oitavas de final. O time goiano abriu o placar aos 12 minutos da etapa inicial, com Caio César. No segundo tempo, o Palmeiras virou a partida, marcando aos 20 e aos 30 minutos. Aos 33 minutos, o Goiás balançou as redes de novo, empatando o jogo.

O time goiano foi em busca do terceiro gol e quase o alcançou nos minutos finais. A disputa foi emocionante e terminou em 2×2. O empate deixou as duas equipes com a mesma pontuação. No critério de desempate, porém, o Palmeiras conseguiu a classificação para a próxima fase, visto que possuía maior saldo de gols.

 

Oitavas de final

No Domingo, o Estádio Joaquim Portugal recebeu dois jogos das oitavas de final. Às 13h30, o Coritiba enfrentou o Fluminense. Às 15h30, a disputa foi entre Cruzeiro e Palmeiras.

A equipe carioca se classificou para a próxima fase após vencer o Coritiba por 2×1. O jogador do Fluminense, Evanilson, destaca a importância da vitória para o tricolor: “O Fluminense nunca ganhou um título da Taça BH, sempre era eliminado na primeira fase e, este ano, nós conseguimos a classificação para as quartas”, avalia o atleta.

Jogadores do Palmeiras comemoram o primeiro gol do time. FOTO/VAN: Anna Virginia
Jogadores do Palmeiras comemoram o primeiro gol do time. FOTO/VAN: Anna Virginia

Na outra partida da oitava de final, em São João del-Rei, o Palmeiras venceu o Cruzeiro por 2×1. Antes do jogo, o preparador de goleiros do time mineiro, Luiz Fernando, conta que estava confiante. “A expectativa é a melhor possível. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe de grande potencial, mas estamos bem concentrados”. Contudo, o Palmeiras foi superior e, de virada, conseguiu a classificação para as quartas de final.

Na próxima fase, os jogos acontecem em Sete Lagoas, na Arena do Jacaré.

 

TEXTO/VAN: Anna Virginia

Deixe uma resposta