20180333_1588520571220276_770992319_o

Social se classifica para as oitavas da Taça BH

O Social enfrentou ontem, no estádio Paulo Campos, a equipe do Red Bull Brasil. O clube são-joanense saiu atrás no placar, mas lutou e conseguiu um feito histórico. A equipe de São João del-Rei virou a partida por 2 a 1 e se classificou para as oitavas de final da taça BH.

O Treinador do Red Bull, Christian, fez uma avaliação sobre a atuação de sua equipe na partida: “Até tomarmos o primeiro gol, éramos melhores, tivemos a chance de fazer o segundo e não fizemos. Eles conseguiram a virada por mérito”.

Já Cicinho, treinador do Social, enalteceu a classificação de sua equipe:  “Esses meninos são heróis. O que esses meninos fizeram hoje foi histórico. Me desculpe a emoção, mas hoje foi histórico.”

A partida começou equilibrada, com poucas chances de gol para cada lado. Ambas equipes marcaram muito e não se expuseram para evitar riscos. O Red Bull investiu muito nas jogadas laterais, com o camisa 5 João Victor, enquanto o Social tentava nas pontas com Leandro e Lolote.


Aos 22, quase sai o primeiro gol da partida. O atacante Gabriel Bocchio avançou e saiu frente a frente com o goleiro Jhonata que fez a defesa, evitando assim um gol do clube paulista. O Social teve uma chance de marcar, aos 26, em cobrança de falta, mas Gustavo mandou pra fora.


Se o primeiro tempo foi morno, sem muitas emoções,  o segundo tempo já começou quente. Nos primeiros segundos de jogo, Gabriel Bocchio recebeu a bola na frente, passou pelo goleiro Jonatha e finalizou, marcando o primeiro gol da partida.


Ainda no início do segundo tempo, após cruzamento da direita, a zaga do Social afasta, mas a bola sobra para Caio que finaliza. Jonatha faz boa defesa evitando o segundo gol do Red Bull.  Depois da pressão inicial do Red Bull, o jogo ficou mais equilibrado e o Social buscou o empate. Contudo, a forte marcação do clube paulista dificultava a vida dos atacantes são-joanenses.


Aos 27 minutos, Iago recebe a bola na área após jogada pela esquerda  e finaliza para marcar o gol de empate. Logo após, a partida ficou mais aberto e ambas equipes tiveram chance de marcar. Primeiro o Social, com Lolote, aos 33, que avançou pela direita e finalizou em cima do goleiro duas vezes. Dois minutos depois, foi a vez do Red Bull desperdiçar. Após rápido ataque pela esquerda, a bola sobrou para Luis Phelipe que chutou por cima do gol.


O jogo encaminhou-se para o fim e o Social estava  à beira da eliminação, enquanto o Red Bull ainda teria que esperar o jogo do Botafogo para saber sua classificação. Nos acréscimos, aos 42, tudo muda, pois Lolote recebeu boa bola no meio e finalizou com categoria, marcando o segundo gol da equipe do Social.

Personagem no segundo tempo pelo gol perdido e pelo gol da classificação, Lolote comentou sobre a partida: “Quando a gente chega na cara do gol e erra, não pode desanimar, a gente ergue a cabeça e vai em busca de outra oportunidade. Parece que é um sonho que estou vivendo.”

Próxima Fase


O Social, único clube mineiro além do Atlético que se classificou para a próxima fase, recebe o Palmeiras em seu estádio às 20h na Terça (18). Enquanto o Botafogo, que venceu ontem a equipe do Santos por 3 a 0, enfrenta o Juventude às 18h, também no Paulo Campos.  

Texto VAN: Rodolfo Silva

Deixe uma resposta