WhatsApp Image 2017-08-31 at 9.48.06 AM

Teatro da Pedra abre temporada 2017

Espetáculos, oficinas e shows prometem preencher a programação dos fins de semana sanjoanenses.

As atrações tiveram início no dia 11 de agosto, com a peça da casa “Fado”, e se encerram em 28 de outubro com número performático. Ingressos acessíveis e ambiente aconchegante, convidam o público a prestigiar os espetáculos.

O coordenador do projeto, Juliano Pereira, destaca o objetivo da iniciativa envolvendo a promoção do teatro e a sua formação para cidade e região. Para isso, a instituição inclui diversos programas, entre eles o “Arte por toda parte”, investindo em trabalho social, e o Curso de Preparação para Atores (CPPA), primeiro do interior de Minas Gerais reconhecido pelo sindicato. Além disso o grupo realiza pesquisas artísticas, a fim de fomentar a própria produção e promover a formação público.

Fora o espaço de estudos, o Teatro da Pedra promove temporadas cada vez mais elaboradas e extensas. A mudança de sede, ocorrida em 2015, da rodoviária para Colônia, levantou a questão sobre a possível redução do  público devido a distância. Juliano desmistifica tal questionamento afirmando que “tem sido uma coisa super positiva”. Segundo o mesmo, as pessoas marcam presença nas apresentações ainda mais que no endereço antigo. A mudança se deu pela vontade de receber o público, alunos e a própria equipe de forma mais aconchegante.

 

O coordenador, além de ser formado e especializado em teatro, se dedica também a ser diretor do espetáculo. Juliano ressalta o interesse de todos os envolvidos em promover a cultura e tornar possível a sobrevivência através dela. “Além de ser uma experiência pedagógica e artística, é também administrativa na tentativa de possibilitar se viver da arte”, conta o artista. O processo de experimentação até se chegar no que tem hoje foi essencial segundo o mesmo.

O Teatro da Pedra resolveu abrir o espaço. Através de diversos amigos e conhecidos do próprio corpo do projeto, o convite foi feito para diversas companhias. Com bilheteria simbólica e movidos pela vontade de democratizar a cultura, os artistas começaram a abraçar a ideia do projeto sanjoanense e vir a cidade com o objetivo de promover seu trabalho e a arte apresentada. Diego Pedrosa, ator formado pelo CPPA, ressalta a importância deste contato com outros grupos como forma de promover um espaço de troca. “Em São João del-Rei nós somos o único grupo profissional que vive de arte”, ressalta Diego referindo-se ao intercâmbio de informação.

 

Priscila Natany Rezende, ex aluna e atual assessora de comunicação do projeto, é formada pelo CPPA e desde nova acompanha a iniciativa. “Eram duas coisas que eu gostava muito, o jornalismo, no setor de artes gráficas, e o teatro”, destaca Priscila sobre a sorte de trabalhar com duas coisas que ama. Assim como a jornalista, Diego permanece no Teatro da Pedra, onde atua em quase todos os espetáculos . Morador de Barbacena, o ator conheceu o grupo enquanto fazia parte de outro em sua cidade. Foi através de festivais que Diego teve o primeiro contato com o Teatro da Pedra. Seu interesse pelo CPPA motivou a mudança e a permanência em São João del-Rei.

O Teatro da Pedra ainda tem um bistrô servindo deliciosas panquecas por um preço justo, além de seu charmoso brechó, abertos em dia de espetáculo. Ingressos no valor de R$20,00  (inteira) chamam o público a conferir o espaço que fica na Avenida Luiz Giarola, n° 2564, Colônia do Marçal.

TEXTO/VAN: Victoria Souza

TEXTO/VAN:Victoria Souza

Deixe uma resposta