Skip to main content
Grupo está com programação em cartaz até setembro, com mais de 60 apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves

Arte e cultura se unem no Teatro da Pedra

Grupo relata sua história, seus projetos e seu novo calendário.

Grupo está com programação em cartaz até setembro, com mais de 60 apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves
Grupo está com programação em cartaz até setembro, com mais de 60 apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves

Preocupados com a forma que o local afeta a visão artística e como o artista afeta o local, o Teatro da Pedra vem criando uma tradição dentro de São João del-Rei e expandindo seu trabalho para a região das Vertentes. Diversas apresentações culturais abrem a nova temporada em 2016. As diferentes atividades acontecem  até setembro. São 65 apresentações culturais, entre elas: teatro, dança, música, lançamento de livros, ciclos de ideias e oficinas. Outras informações, podem ser encontradas na página do grupo no Facebook ou no evento da temporada 2016.

Um dos 12 artistas que compõem o grupo Teatro da Pedra, Marcos Fonseca, relatou a trajetória do grupo durante os anos:

"O Teatro da Pedra é bem novinho, ele nasceu no ano passado." ARTE/VAN: Laila Zin
“O Teatro da Pedra é bem novinho, ele nasceu no ano passado.” ARTE/VAN: Laila Zin

 

Trabalho Regional

A preocupação com o regional é muito presente no trabalho do grupo. Isso é evidente para o estudante do 3° período do curso de Teatro da Universidade Federal de São João del-Rei, Kauê Rocha. “São João precisa de teatro, e é lindo demais ver um grupo se empenhando tanto para espalhar cultura pela cidade e pela região. Acredito que o Teatro da Pedra ofereça uma oportunidade imensa para a comunidade são-joanense de ter contato com o teatro, sem ser pela Universidade”, conta Kauê.

O caráter pedagógico do grupo está relacionado à sua maneira de pensar o ser humano; uma forma singular de ver o mundo e o individuo, de modo que acaba esbarrando na cidade. Paulatinamente, essas interferências extrapolam a região, sem, contudo, perder a natureza regionalista.

 

Arte Por Toda Parte

Um dos programas oferecidos pelo Teatro da Pedra é o Arte Por Toda Parte, um projeto de arte e educação que abrange seis cidades: Barroso, Carrancas, Lagoa Dourada, Santa Cruz de Minas, São João del-Rei e Tiradentes. O programa, assim como o Teatro da Pedra, tem um forte teor pedagógico. Em São João, acontece até mesmo dentro das escolas, tanto em horário letivo quanto no contraturno. O programa integra o projeto Mais Educação, da Secretaria Municipal de Educação.

Ensaio da peça apresentadas pelos alunos do Cajuru: "Gheysla: A santa misteriosa Alta". FOTO: Teatro da Pedra
Ensaio da peça apresentadas pelos alunos do Cajuru: “Gheysla: A santa misteriosa Alta”. FOTO: Teatro da Pedra

A atriz da companhia e coordenadora do Projeto, Fernanda Nascimento, explica como o programa funciona. “O trabalho é feito por alguns arte-educadores que se encontraram aqui e se identificaram com esse trabalho do Teatro da Pedra. Além de São João, também trabalhamos em outras cidades há um tempo, e o projeto abrange todas as faixas etárias. Temos turma de idosos, grupo de mulheres. E o projeto não se resume a teatro, temos educadores, tanto de teatro como de dança, música, capoeira e artes plásticas. No total, são 33 educadores”, explica.

Os alunos são estimulados a produzir obras que conversem com o regionalismo e, no final do ciclo de um ano, acontece uma mostra. Um dos membros do grupo, Marcos Fonseca, ressalta a reverberação do trabalho do grupo dentro desse projeto. “O que acontece lá [Teatro da Pedra] acontece aqui [Arte Por Toda Parte], não há maneira de desvencilhar”, finalizou.

           

TEXTO/VAN: Lucas Comine

Colaboração: Ícaro Chaves.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: