Terceirização do aeroporto de São João visa a Copa de 2014

Empresa
deve investir mais de R$ 2 mi na infraestrutura do Octávio de Almeida Neves

“Já pensamos nos turistas da Copa do Mundo de 2014.
Afinal estará em cidades bem próximas de nós como Rio de Janeiro e Belo
Horizonte”, afirma a gerente do Aeroporto Octávio de Almeida Neves, Aline
Flávia Resende (34). Segundo ela, este é a meta da Socicam, nova empresa que
acaba de assumir a administração do aeroporto de São João del-Rei. Até setembro
deste ano, o terminal ainda era gerenciado pelo poder público municipal.
Para melhor atendimento aos passageiros que partem
ou chegam a São João del-Rei,  Aline
Resende conta que a nova empresa  –  a mesma que administra o Terminal Rodoviário
do Tietê (SP) – prevê investimentos de R$ 2 milhões na infraestrutura do
Octávio de Almeida Neves. Instalação de seção específica de combate a incêndios
para aeródromos, aquisição de novos equipamentos de segurança e contratação de
pessoal são algumas das ações de readaptação do terminal que também tem sido
base para pouso de aviões particulares de grandes empresários, artistas e
políticos nacionais.
A gerente que trabalha há quase dois anos no local
revelou, ainda, outra meta: “Até o final desse ano pretendemos atender a grande
demanda de passageiros que requisitam, diariamente, voos diretos para São
Paulo”. Atualmente, o Octávio de Almeida Neves opera com dois voos diários, às
10h (sentido Rio) e às 19h (sentido BH), além de fazer parte de uma rede que
permite conexões para cidades como Ipatinga, Campinas, Uberlândia e Montes
Claros.
Embarques e
Desembarques
O número de embarques e desembarques de passageiros
no aeroporto da cidade, seja em voos comerciais ou particulares, tem aumentado
e gerado renda direta e indireta para a região. É o que percebe e também afirma
a gerente do aeroporto, Aline Resende. Segundo ela, essa possibilidade de voar
para outros locais, partindo de São João del-Rei, tem agradado a classe média
local.
É o que mostra o movimento no aeroporto na noite do
último dia 11, véspera de feriado. Aguardando o embarque das 19h estava o
engenheiro agrônomo da Embrater, Franklin Cordeiro, 34. Aproveitando o vôo
Rio-BH, com conexão para Montes Claros, Franklin embarcou em São João del-Rei.
“Com este aeroporto e os preços mais acessíveis, consigo visitar minha família
em Montes Claros a cada três meses”, declara.
Já o produtor da Agência Nacional de Cinema, Rafael
Frydland, 32, desembarcava em São João del-Rei naquela noite. Pela primeira vez
na cidade, o carioca conta que também pretende visitar Tiradentes. Atraído pela
gastronomia e beleza histórica das duas cidades, Rafael revela que pretende
passar três dias na região.
            A nutricionista Wânia Freitas também
desembarcou em São João del-Rei na véspera do 12 outubro. Acompanhada de seu
marido e filha, ela conta que voou de Porto Seguro (BA) para matar as saudades
de amigos e familiares na sua terra natal. “Com passeios, compras e
restaurantes devemos gastar cerca de mil reais nestes 10 dias de permanência
aqui na cidade”, afirma Wânia que ainda teceu elogios ao aeroporto
são-joanense.
            Para se informar sobre voos e compra
de passagens no aeroporto de São João del-Rei, entre em contato através do
telefone (32) 3693-6319 ou no site http://www.aeroporto.saojoaodelrei.mg.gov.br
.
Texto e Fotos: Alisson Reis
Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, basta enviar um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta