Vagas temporárias para o Natal movimentam comércio em SJDR

Avenida Tancredo Neves – Centro comercial de São João del Rei
Entre
os meses de outubro a dezembro de 2011 o Brasil deve criar mais de
147 mil vagas de empregos temporários, 5% a mais que no mesmo
período em 2010. Os números são resultados da pesquisa realizada
pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis
e de Trabalho Temporário (Asserttem), que aponta ainda o Sudeste
como a região
com maior abertura de vagas, 75.264.
De
acordo com Sérgio Henrique Calvati, coordenador geral do Sistema
Nacional de Emprego (SINE) de São João del Rei, a cidade não foge
dos resultados apontados pela Asserttem.
“Durante os três últimos meses do
ano a oferta e a procura por emprego aumentam, principalmente no
setor do comércio”, afirma.
A
pesquisa revelou também que o comércio concentra a maior parte das
contratações temporárias, cerca de 70%, enquanto as vagas
demandadas pela indústria, por exemplo, representam apenas 30%.
Segundo Calvati,
os principais segmentos que demandam mão de obra adicional na cidade
são os de vestuário, calçados, brinquedos, supermercado,
eletrodomésticos e perfumaria.
Para
o administrador de empresa João Tarôco, o aumento nas oportunidades
de emprego é gerado devido à alta da demanda consequente das
condições financeiras do consumidor. “A demanda sazonal, período
definido onde ocorre o maior número de vendas devido a um evento
específico, faz com que seja necessária a contração de novos
colaboradores para determinados setores, como o comércio. O
pagamento do 13º salário e as bonificações aos trabalhadores
fomenta o mercado no período do Natal, onde os consumidores terão
melhores condições financeiras para adquirir as mercadorias”.
Solange
Braga, uma das proprietárias da loja Íntima d`Presentes, localizada
na Avenida Presidente Tancredo Neves, no centro de São João del
Rei, comenta que durante o final do ano costuma contratar em torno de
15 novos funcionários, por meio de indicação e de currículos
deixados na loja. Segundo ela, a maior parte da vagas são para
balconista, “a gente trabalha mais na linha de frente da loja; é
onde precisamos mais, o balcão”, afirma.
Por
outro, Geraldo Rodrigues, sócio proprietário da loja Del Rei Bike,
localizada no bairro Matosinhos, declara que, apesar de precisar de
mão de obra para o final do ano, falta disponibilidade de
profissionais especializados. “O nosso comércio, de bicicleta,
apesar de sentir um pouco o aumento ocasionado pelo Natal não
contrata muitos funcionários devido à carência do setor, que
necessita de mão de obra específica. No entanto, preciso de mais
funcionários para o atendimento ao cliente; para isso adaptamos a
mão de obra que temos disponível `as necessidades da empresa”,
comenta.
Perfil
e salário para os profissionais temporários
A Loja Íntima d`Presentes costuma contratar mais de 15 funcionários no final do ano
De
acordo com Jismália de Oliveira Alves, diretora de Comunicação da
Asserttem – em entrevista ao G1 – geralmente as vagas temporárias
exigem do candidato o primeiro grau completo, simpatia, facilidade de
comunicação e bom desempenho em equipe. O diretor do SINE de São
João del Rei afirma ainda que, além de tais características, os
candidatos com idades entre 20 e 30 anos possuem mais chances de
conseguir as vagas.
Em
relação ao salário, Calvati,
afirma que os novos funcionários, contratados para o setor do
comércio, devem receber em torno de R$570, o que corresponde ao
salário do comércio. Solange
Braga assegura que os novos colaboradores terão contrato assinado de
acordo com as leis da CNT (Código Tributário Nacional) e receberão,
além do salário, as horas extras.
A
pesquisa da Asserttem revela ainda que 29% dos contratos poderão ser
efetivados, o que significa emprego fixo e formal para 42 mil
brasileiros. Ronei Geraldo da Costa, proprietário da loja Art Lar,
localizada na Avenida Josué de Queiroz, Matosinhos, comenta que
“geralmente o melhor funcionário temporário tem vaga garantida
até maio, período de férias dos atuais funcionários”.

Por
sua vez, a proprietária da Íntima revela que “se as meninas se
derem bem no final do ano, tendo uma venda boa e um conjunto bom,
como ser responsável e ter um relacionamento agradável com os
atuais funcionários e com os patrões, elas serão as primeiras a
serem chamadas para as vagas fixas do ano seguinte”, afirma Solange
Braga.

Para
ter acesso a vagas de empregos temporários, entre em contato com o
SINE/ São João del Rei pelo telefone (32) 3373-5774 ou pelo
endereço Rua Coronel Antônio Maria Claret da Silva, 599, Fábricas.

 Texto e Fotos: Natália Resende


Para
copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, basta enviar um e-mail
para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e
gratuito.

Deixe uma resposta