Atacante Lucas Villela marcou dois gols na partida

Vitória, luta contra o câncer e show de Lucas Villela

Em dia de incentivo à campanha do Outubro Rosa, Figueirense vence Novo Esporte por 3×0 com dois do atacante

Atacante Lucas Villela marcou dois gols na partida
Atacante Lucas Villela marcou dois gols na partida

Quem não faz leva? A velha frase que já aterrorizou times pelo mundo inteiro não fez jus à fama na partida entre Figueira e Novo Esporte pela Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. O “Maior de Minas” como é conhecido pelos seus torcedores, marcou três vezes no segundo tempo após perder várias chances na etapa inicial. Destaque para o gol de Lucas Villela, que fez uma “pintura”: o atacante chamou o zagueiro para dançar e bateu de canhota no ângulo esquerdo do goleiro Thierry. Nem se o famoso atacante francês com mesmo nome do arqueiro estivesse em campo, não conseguiria tirar o brilho dos jogadores Alvinegros.

Depois de dois tropeços na cidade de Uberaba, o Figueira voltou a mostrar que é um dos candidatos ao título da Segundona do Mineiro ao bater o Novo Esporte por 3 a o, no último sábado. O jogo no Estádio Ely Araújo contou com bom público que incentivou desde o primeiro pontapé na bola. Além de Villela, o “xerife” Renan marcou o terceiro e fechou o caixão da equipe do Vale do Aço, que amarga a lanterna da competição.

“Tínhamos que nos impor dentro de nossa casa. Enfrentamos um adversário que também viajou e encontrou dificuldades (referência a viagem do Figueira para Uberaba). Foi um jogo que soubemos esperar, tivemos que ter paciência e sabedoria”, disse o treinador Luis Henrique, que também comentou sobre o apoio das arquibancadas: “É importante ver essa rapaziada com uma organizada nova, o pessoal antigo do Figueirense e todos os torcedores são-joanenses”, concluiu.

Villela já marcou 5 gols na Segundona
Villela já marcou 5 gols na Segundona

O habilidoso atacante Lucas Villela, que fez seu quinto gol na competição, encostou em seu parceiro de ataque Felipe Capixaba na artilharia do clube, que já balançou as redes seis vezes. Para Villela, o importante não foi o gol, e sim o Figueirense ter se recuperado e conseguido mais uma vitória no torneio para seguir mais vivo do que nunca.

Com o barulho da torcida alvinegra, o lateral direito do Novo Esporte, Márcio Gabriel, acabou perdendo a cabeça e em alguns lances e respondeu os torcedores que pegavam no seu pé. Ao final do confronto o jogador minimizou os gestos (que não foram obscenos): “Eu não retruquei, só fiz um sinal. Quem joga fora de casa é assim mesmo, a torcida faz a parte dela, principalmente quando está ganhando”.

 

OUTUBRO ROSA

Jogadores contribuíram com a campanha do Outubro Rosa
Jogadores contribuíram com a campanha do Outubro Rosa

O destaque do jogo poderia ter sido muito bem todos os jogadores que fizeram um partida que beirou a perfeição, se não fosse a campanha que já está consolidada na página oficial do clube de São João del-Rei no Facebook, com a luta contra o câncer de mama. Os jogadores entraram em campo neste fim de semana com uma faixa contra a doença e uma flor rosa nas mãos. Se o Figueira vai subir só o tempo dirá, mas o fato é que o trabalho dentro e fora das quatro linhas já é um sucesso.

No próximo domingo, 18, o Figueira enfrenta o Formiga, às 10h, no Estádio Juca Pedro. É o chamado jogo de seis pontos, já que o Formiga está com 7 pontos, um a mais que o Tigre do Bom Pastor.

TEXTO/VAN: DIEGO CABRAL

FOTOS: DIEGO CABRAL

Deixe uma resposta