Vivências através da música

O estudante de música da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) Jean Costa sempre teve uma profunda relação com a música, mas, através do programa de extensão Vivências Musicais pôde ter um convívio mais próximo e ampliar seus conhecimentos harmônicos. O projeto oferece cursos de violão, violino, viola, violoncelo, canto erudito, canto popular, trombone, piano, flauta transversal e clarineta e, para participar do projeto não é preciso ter conhecimento prévio “Qualquer pessoa é bem vinda a participar do ‘Vivências Musicais’”, comenta Jean.

Atualmente, como professor de violão do projeto, Jean diz que o crescimento do projeto é algo organizado e que, graças às pessoas envolvidas, essa iniciativa passou a garantir aos alunos do curso superior de música, inclusive ele, a chance de atuar como professores em busca de experiência profissional.  Ele afirma ainda que tem muito a aprender: “Desde que entrei no projeto, conheci um mundo novo e desenvolvi muito como músico e como pessoa, mas ainda há muito o que aprender.”

VAN: Porque a escolha do violão para aprender a tocar?
Jean Costa: Escolhi o violão porque queria tocar rock ’n’ roll, porém, logo no início, descobri o violão clássico, e sou muito grato por isso!

VAN: Como eram as aulas?
Jean Costa: As aulas de violão eram, a princípio, coletivas e ministradas pelo professor Dr. Guilherme Vincens, com um foco de desenvolvimento motor e de leitura musical, basicamente. Havia também as aulas de percepção musical, que eram coletivas e buscavam despertar nos alunos uma vivência musical através de atividades práticas, em sua maioria. Com o passar do tempo, passei a participar de aulas individuais com o professor Guilherme.

VAN: Como funcionam as suas aulas?
Jean Costa: Cada professor possui sua própria forma de trabalhar. Este ano iniciei um projeto de aulas de violão em grupo, semelhante ao que eu participei como aluno. Portanto, busco influências na forma como o meu professor trabalhava nesta situação, como exercícios de desenvolvimento de coordenação motora, leitura musical no violão, atividades de improvisação e um repertório simples.

VAN: Qual a sua relação com a música?
Jean Costa: Minha relação com a música não poderia ser melhor, eu vivo dela e para ela!

VAN/Eduardo Abreu Carazza
Foto: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta