Skip to main content
Arte: Laila Zin

Você lembra? Pesquisa apontou SJDR como uma das melhores cidades para se viver no Brasil

Cidade dos sinos ocupou a posição 162º dentre 5.565 municípios analisados em levantamento da Revista “IstoÉ” divulgado em setembro

Arte: Laila Zin
Arte: Laila Zin

A Revista “IstoÉ” divulgou, no mês de setembro deste ano, o ranking As melhores cidades para se viver no Brasil, baseado em uma metodologia exclusiva desenvolvida pela Austing Rating que levou em consideração 212 indicadores extraídos de fontes oficiais como IBGE, Ministério do Desenvolvimento e STN. Questões como qualidade de vida, responsabilidade social, sustentabilidade financeira, desenvolvimento humano e mobilidade digital foram consideradas na hora de catalogar as cidades.

E os moradores de São João del-Rei tiveram uma boa notícia quando o levantamento foi divulgado. Dentre as 5.565 cidades brasileiras analisadas, a cidade apareceu na posição 162º e ainda foi destaque em indicadores específicos. Dentre os municípios de médio porte (de 50.000 a 200.000 habitantes), SJDR ocupou a colocação 24º; em “Indicadores Sociais” no ranking geral, se posicionou em 48º lugar. No quesito “Educação”, a cidade foi a 20º entre as de médio porte e em “Responsabilidade Social” apareceu em 48º.

Destaque na pesquisa, a secretária de educação de São João del-Rei, Maria das Mercês pontuou as principais causas da cidade ter ficado em uma boa posição neste indicador: “Houve uma forte capacitação de professores na educação infantil, o IDEB, que tínhamos uma meta de chegar a média 6 até 2020, nós já batemos. Investimos na valorização do professor pagando o piso para todos os profissionais, temos o cuidado de não exceder muito o número de alunos dentro de sala de aula e estamos sempre acompanhando os estudantes dentro de suas especificidades. Acho que esse conjunto de ações é o que resultou nesse bom resultado, o que me deixa muito feliz”, conclui.

O Prefeito Helvécio também citou a Educação e ainda falou que o investimento na saúde também teve uma grande contribuição para o resultado: “Hoje o diálogo com a educação é melhor. Este ano, por exemplo, foram fornecidos kits escolares para a rede municipal de ensino. Na área da saúde, os índices de internação caíram em alguns postos, temos médicos atendendo a população 8 horas por dia, dessa forma consequentemente a saúde melhora”.                  

Natalino Giarola tem 84 anos. Destes, viveu 55 na cidade de São Paulo. Quando perguntado onde prefere morar, responde sem titubear: “São João del-Rei, sem dúvida nenhuma. Aqui eu me sinto mais livre, tenho mais segurança, o custo de vida é menor, enfim, a vida aqui eu considero ótima”. Mas, Giarola também cita problemas: “Essa cidade tem um calçamento muito ruim, quando chove não tem um bom escoamento para a água e o emprego também não se encontra muito. Tem que mudar algumas coisas ainda”.

Confira a pesquisa completa no link abaixo:

http://melhorescidadesdobrasil.com.br/ranking-geral-melhores-cidades-brasil-2015/

TEXTO/VAN: THOBIAS VIEIRA

ARTE: LAILA ZIN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: