Skip to main content

XII Semana de Museus é celebrada na região

Integrando a
programação da 12ª Semana de Museus, o Coral da UFSJ, sob a regência do
Professor Edilson Rocha, se apresentou
recentemente em Tiradentes, no Museu Casa Padre Toledo. O evento trouxe
aos espectadores uma oportunidade de conhecer um pouco da História de Minas e
seu patrimônio. “Museu é um ponto de memória, e precisamos dele para nos
identificar, como uma forma de identidade social”, é o que afirma o coordenador
da área de educação Jackson Santos.
   
O Coral da UFSJ foi criado em 2013 com o
intuito de prover aos seus participantes uma prática avançada de execução da
música vocal. Criado em meio à forte tradição musical da região e sem se
esquecer de grandes obras do repertório coral universal, o coral busca
valorizar e difundir a música brasileira e sua diversidade, tendo como objetivo
maior compartilhar com o público uma experiência musical vívida e
significativa.
  
A Semana Nacional de Museus acontece
anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus (18 de maio), quando os
museus brasileiros, convidados pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus)
desenvolvem uma programação especial.
A cidade de Tiradentes foi palco de
diversas atividades dentro da programação do evento. Foi realizada uma palestra
sobre a coleção brasiliana, que faz parte do acervo da UFMG, no Centro Cultural
Yves Alves; houve uma performance musical dos graduandos do curso de música da
UFSJ e visitação ao Museu Casa Padre Toledo, gratuita
e aberta ao público.
A proposta da Semana de Museus é atrair a
comunidade para esses espaços, tendo então sido programadas algumas atividades
que fogem à rotina, a fim de conquistar um público mais abrangente. Segundo
Jackson Santos, coordenador da área de educação, “quando se fala em museu, vem
na cabeça, principalmente da juventude, uma coisa velha, do passado”, no
entanto, ele acredita que a inovação na linguagem, na forma de apresentação,
além de oferecimento de oficinas e cursos, e investimento em divulgação
permitem a aproximação entre o jovem e o museu.

O Museu Casa Padre Toledo passou por uma
reforma no ano de 2012 e apareceu de cara nova, mais moderna. O museu conta
agora com uma mesa interativa, mosaico de espelhos e uma sala central, além de
um sistema de som, pelo qual são recitados poemas durante a visitação.

Na
tricentenária São João del-Rei, os museus de Arte Sacra e o Regional
preencheram a programação com mais duas exposições. O Museu Regional apresentou
obras do artista Antônio Francisco Lisboa, o famoso Aleijadinho, além de um
recital de Órgãos de Tubos do século XVIII. O museu de Artes Sacras, com sua
exposição permanente Arte Sagrada apresentou ao público obras dos acervos das
ordens, irmandades e confrarias da Diocese.

Texto: VAN/Ricardo Peres
Fotos: Ricardo Peres

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: